Correlação entre consumo alimentar e prevalência de sarcopenia em idosos de duas cidades do Ceará

10 de novembro de 2016

DOI: 10.17648/nutrivisa-vol-3-num-2-a

Autores:
Elisangela Lourenço Valentim
Mariana de Magalhães Carrapeiro
Daniel Cordeiro Gurgel

Resumo:
Introdução: A sarcopenia atualmente é considerada como uma doença crônica não transmissível, consistindo na perda ou diminuição da musculatura esquelética, da potência e consequentemente da força. Objetivo: buscar correlações entre o consumo alimentar com a prevalência de sarcopenia em idosos de duas cidades do Ceará, observando se os hábitos alimentares deles influenciam no diagnóstico de sarcopenia. Métodos: estudo de caráter quantitativo, transversal descritivo e analítico realizado com 65 idosos residentes em duas cidades, Fortaleza e Icó. Foi aplicado questionário sociodemográfico, recordatório alimentar de 24 horas e o teste do Algoritmo. A análise estatística foi realizada por meio dos testes Qui-quadrado e Mann-Whitney. Resultados: A patologia esteve presente nas duas cidades, apresentando uma maior prevalência nos homens da cidade de Icó (23,1%) e nas mulheres da cidade de Fortaleza (42,8%), comparando o mesmo gênero entre os municípios. A ingestão de carboidratos e lipídios apresentou-se deficiente em ambas as cidades, enquanto a ingestão proteica ultrapassou a recomendação da RDA. Relacionando os micronutrientes, apenas a vitamina C apresentou diferença significativa (p<0,05) entre os grupos, sendo sua ingestão adequada nos idosos não sarcopênicos. Conclusão: Hábitos alimentares com maior ingestão de vitamina C foram associados à prevenção da sarcopenia.
Palavras-chave: sarcopenia, avaliação nutricional, idoso, dinamômetro de força muscular.

Correlation between food consumption and prevalence of sarcopenia in aged people from two cities in Ceará, Brazil

Abstract:
Introduction: sarcopenia is currently considered a non-communicable chronic disease, consisting in the loss or impairment of skeletal muscle, power and consequently of the force. Objective: To search for correlations between food intake with the prevalence of sarcopenia in the elderly of two cities of Ceará, observing if their eating habits influence the diagnosis of sarcopenia. Methods: a cross-sectional descriptive and analytical study, conducted with 65 elderly living in two cities, Fortaleza and Icó. It was applied a demographic questionnaire, an 24-hour food recall and the algorithm test. Statistical analysis was performed using the Chi-square and Mann-Whitney tests. Results: The pathology was present in both cities, with a higher prevalence in men of the city Icó (23.1%) and women in Fortaleza (42.8%), comparing the same gender between cities. The intake of carbohydrate and lipid presented is deficient in both cities, while protein intake exceeded the recommendation of the GDR. Reconnecting the micronutrient, only vitamin C showed a significant difference (p < 0.05) between groups, and their adequate intake in non sarcopenic elderly. Conclusion: Eating habits with higher intake of vitamin C were associated with prevention of sarcopenia.
Keywords: sarcopenia, nutritional assessment, elderly, dynamometer muscle strength.

Clique aqui para baixar este artigo na íntegra em PDF.

Download the PDF file .